Youtube
facebook
Twitter
Rss
Flickr

Imprensa

18 de dezembro de 2013 - 16h09

tela de recadastramento biométrico, com funcionários ao fundo.

Cerca de 10% do eleitores da capital paulista realizam a biometria em 2013

A capital de São Paulo, com mais de 8,5 milhões de eleitores, realizou neste ano a captação biométrica de 10,22% dos seus eleitores, ou seja, de 885.246. Já em Guarulhos, Osasco e São Bernardo do Campo, o cadastramento das digitais atingiu 13,59% (115.144), 9,41% (51.615) e 8,34% (48.711) dos seus eleitorados, respectivamente. A biometria nesses municípios ainda não é obrigatória, mas, em um futuro bem próximo, todos os eleitores serão identificados nas urnas pelas digitais. Assim, sugere-se que as pessoas procurem desde já os cartórios para evitar chateações com possíveis filas mais para frente.

Neste ano, o programa da biometria da Justiça Eleitoral em São Paulo alcançou todas as 58 zonas eleitorais da capital. Nos outros três municípios, o recadastramento ocorre desde fevereiro em seus 20 cartórios eleitorais e unidades do Poupatempo.

Nas Eleições 2014, mais de 22 milhões serão identificados pelas impressões digitais. Segundo estimativa do Tribunal Superior Eleitoral, todos os eleitores já estarão recadastrados em 2018.O procedimento biométrico garante muito mais segurança ao processo eleitoral, pois impede fraudes no momento da votação.

O eleitor deverá agendar o atendimento pessoalmente ou pelo site do TRE, exceto para obtenção de certidões e para unidades do Poupatempo. Agende aqui. Os endereços das zonas eleitorais e outras informações também estão disponíveis no site.
 
Mais informações:

Central de Atendimento ao Eleitor: (11) 3130-2100 ou 148*
* custo de ligação local em todo o Estado

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do TRE-SP

Gestor Responsável: Assessoria de Comunicação +