Youtube
facebook
Twitter
Rss
Flickr

Imprensa

18 de maio de 2017 - 10h15

PGE

Nota à imprensa

A Assessoria de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral esclarece que, na manhã desta quinta-feira (18), a Polícia Federal realizou buscas e apreensões exclusivamente na estação de trabalho do procurador da República Ângelo Goulart, localizada em uma das salas da Procuradoria-Geral Eleitoral, que ocupa espaço no quinto andar do prédio do TSE.

A equipe da PF chegou ao Tribunal por volta das 6h e concluiu o trabalho às 8h. O vice-procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, e a subprocuradora-geral da República, Cláudia Sampaio, acompanharam o trabalho da PF em cumprimento de mandado judicial. O material apreendido - um HD externo, um celular, documentos e mídias - integra o patrimônio do Ministério Público Federal.

De acordo com a Procuradoria-Geral Eleitoral, a operação não tem qualquer relação com a Justiça Eleitoral ou com processos que nela tramitam. As buscas fazem parte da investigação relacionada a fatos da Operação Greenfield, que investiga irregularidades em quatro grandes fundos de pensão do país, segundo as informações da Polícia Federal.

Gestor Responsável: Assessoria de Comunicação +