Conteúdo


Sim

Quarta-feira, 3 de maio de 1933. Assim, no meio de uma semana ordinária, ocorreu o primeiro ensaio democrático do país. Nesta data foi realizada a primeira eleição organizada pela Justiça Eleitoral – ramo especializado do Poder Judiciário criado com a  função precípua de administrar os pleitos em todos os seus níveis, do alistamento à apuração. O sufrágio, pela primeira vez na história nacional, ocorria sem o cabresto do voto a descoberto. E, ineditamente, as mulheres participaram da eleição votando e sendo votadas.


Não obstante emprega-se a palavra ensaio, pois este foi um de poucos pleitos realizados sob a égide da Justiça Eleitoral em sua breve primeira fase (1932-1937). Ensaio porque, apesar da importante inclusão feminina, menos de 4% da população votou em 1933. Por fim, o termo é justificado pela ocorrência ainda de fraudes eleitorais (apesar de se ter, pela primeira vez, o Estado de fato as combatendo).

Portanto, entre a exaltação ufanista ou a sobrevaloração dos problemas, fica-se com os fatos: a primeira eleição realizada pela recém-criada Justiça Eleitoral foi um marco na democracia do país e, ao mesmo tempo, enfrentou percalços diversos, em todas as fases do processo. O marco histórico jamais é perfeito, insuscetível a críticas. 


Ao contrário, é necessário amadurecer a cultura de corrigir e de não repetir os erros sem desqualificar por completo a importância e as virtudes de eventos passados.

Neste sentido, o processo eleitoral brasileiro foi sendo aperfeiçoado, com seus vários avanços e retrocessos ao logo do tempo, de modo que as ideias como o voto secreto e a cabine indevassável, pensadas há quase 90 anos, ainda sejam aplicáveis e relevantes hoje, ajudando a elevar a qualidade da democracia no país.

 

A primeira eleição realizada pela Justiça Eleitoral é tema desta exposição virtual. O contexto histórico que envolve o pleito também é apresentado, tratando-se dos assuntos com textos, documentos e imagens. A mostra reúne uma inédita compilação de dados sobre esta eleição, com informações sobre eleitores e candidatos, além dos resultados finais. O primeiro passo em busca da verdade eleitoral foi dado em 3 de maio de 1933.

icone mapa
Setor de Administração Federal Sul (SAFS)
Quadra 7, Lotes 1/2, Brasília/DF - 70070-600,
Tribunal Superior EleitoralTel.:(61) 3030-7000
Icone horário de funcionamento dos <br /> protocolos

Horário de funcionamento dos
protocolos  administrativo e judiciário: segunda a sexta, das 11h às 19h

Horário de funcionamento de outros serviços e mais informações

Acesso rápido