Nota fiscal eletrônica e informações de permissionários (FiscalizaJE)

A Justiça Eleitoral, com o apoio dos Tribunais Regionais Eleitorais, requisitará informações das secretarias estaduais e municipais de fazenda, relativas às Notas Fiscais Eletrônicas (NFes) de bens e serviços emitidas em contrapartida à contratação de gastos eleitorais de candidatos e partidos políticos e, ainda, a identificação das pessoas físicas que exerçam atividade comercial decorrente de permissão pública.

Para identificação dos contratantes (candidatos e partidos), as fazendas estaduais e municipais devem utilizar o arquivo com os CNPJs de candidatos e de partidos políticos, que estará disponível para download após o prazo final de registro de candidaturas – 15 de agosto.

Os órgãos demandados pela Justiça Eleitoral devem utilizar o leiaute específico que permite a importação de dados pelos sistemas da Justiça Eleitoral. O arquivo elaborado deve ser validado e transmitido à Justiça Eleitoral exclusivamente pelo Sistema de Validação de Dados (FiscalizaJE), observado os prazos fixados pelo Tribunal Regional Eleitoral no ofício expedido para a requisição das informações.

Assim, para encaminhar as informações de notas fiscais eletrônicas e permissionários de serviços públicos pelo sistema, é necessário que as prefeituras firmem convênio com a Justiça Eleitoral por meio do envio dos seguintes dados aos cartórios/TREs:

  • Abrangência (Federal, estadual ou municipal)
  • UF 
  • Município 
  • CNPJ 
  • Nome 
  • URL - Site do conveniado
  • Nome do responsável
  • E-mail do responsável
  • DDD e Telefone do responsável

Links:

Leiaute de informações de notas fiscais eletrônicas (formato PDF) atualizado em 31.8.2018

Leiaute de informações de pessoas físicas que exerçam atividade comercial decorrente de concessão ou permissão pública (formato PDF) atualizado em 13.6.2018

Relação de CNPJs de candidatos e partidos políticos
Arquivo atualizado diariamente

Sistema de Validação de Dados (FiscalizaJE)

Manual de operação do FiscalizaJE

Vídeos instrucionais produzidos pelo TRE-SP, relativos aos dados a serem encaminhados pelas Secretarias de Fazenda Estaduais e Municipais: