Ministro Hermenegildo Rodrigues de Barros

Foto antiga do Ministro Hermenegildo Rodrigues de Barros, com a antiga sede do TSE, localizada no Rio de Janeiro.

Hermenegildo Rodrigues de Barros nasceu em Januária/MG, em 31 de agosto de 1866, e faleceu em 24 de setembro de 1955, no Rio de Janeiro.

Grande jurista brasileiro, foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) em 1919, para ocupar a vaga deixada por Canuto Saraiva. Exerceu o cargo até 1937, quando se aposentou.

Eleito presidente do STF em 1931, foi reeleito em 1934. Na sua gestão foi instalado o Tribunal Superior de Justiça Eleitoral, em 20 de maio de 1932.

Hermenegildo de Barros presidiu as sessões preparatórias da Assembleia Nacional Constituinte em 1933 e 1935, e foi presidente da Constituinte de 1934.

Publicou, entre outras obras: Decisões judiciárias, Tribunal Especial, Direito das Sucessões e Memórias do juiz mais antigo do Brasil.