Rua 1º de março

Rua 1º de Março

A antiga sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na Rua 1° de Março, é um dos mais belos prédios do centro do Rio de Janeiro. Tem fachada de mármore Carrara, portões de ferro importados de Portugal, lustres de bronze e estátuas feitas na Fundição Val d'Osne, na França.

Construído entre 1892 e 1896, o prédio foi erguido para ser a sede do Banco do Brasil que, no entanto, jamais chegou a ocupá-lo. O edifício conta com uma área de quatro mil metros quadrados.

Obra eclética, combina elementos dos estilos neoclássico e barroco,  possui piso de ladrilhos hidráulicos, paredes com pinturas de Antônio Parreiras e Plenário emoldurado por lambris de madeira trabalhada.

O edifício, que de 1896 a 1909 foi sede do Supremo Tribunal Federal (STF), teve devolvida a suntuosidade do tempo em que o Rio de Janeiro era a capital federal quando foi transformado em Centro Cultural da Justiça Eleitoral. Para isso, foi inteiramente restaurado pelo TSE e inaugurado em 2008.