Praça dos Tribunais Superiores

Foto fachada TSE
Fachada da antiga sede do TSE na Praça dos Tribunais Superiores

Em nove de fevereiro de 1971, após 39 anos de criação, o Tribunal Superior Eleitoral, finalmente, teve sua própria sede.

Projetado pelo arquiteto Nauro Esteves, na época integrante da equipe de Oscar Niemeyer, o prédio foi instalado na Praça dos Tribunais Superiores, onde funcionaram também o Tribunal Federal de Recursos (TRF) – atual Superior Tribunal de Justiça (STJ) – e o Tribunal Superior do Trabalho (TST), respeitando, assim, o princípio de setorização das atividades em Brasília.

O prédio é o menor de todos, mas se destaca por suas linhas discretas e elegantes e por ter um dos maiores e mais suntuosos vãos de concreto armado da América Latina. O balanço que o contorna, em suas quatro faces – sustentado por duas colunas paralelas –, confere-lhe uma leveza que chama a atenção.

O crescimento do eleitorado nos últimos anos (de 30 milhões em 1971 para 136 milhões em 2011) tornou pequena a referida sede. Assim, as atividades do TSE tiveram de ser distribuídas entre o edifício principal e três anexos, o que prejudicava o deslocamento de pessoas e de processos.

Por isso, em 2005 iniciou-se a construção do prédio da atual sede, localizada no Setor de Administração Federal Sul. No dia 15 de dezembro de 2011, a nova sede do TSE foi inaugurada.