Presidente do TSE participa de encontro com autoridades do governo russo e conhece sistema de votação on-line do país

Luís Roberto Barroso foi convidado pela Comissão Central Eleitoral para atuar como observador das eleições russas

Presidente do TSE na Rússia.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, cumpriu extensa agenda em Moscou, na Rússia, durante a última semana. Ele foi convidado pela Comissão Central Eleitoral (CCE) daquele país para atuar como observador das eleições parlamentares e regionais da Federação Russa, que ocorreram nos dias 17, 18 e 19 de setembro.

O presidente da Corte Eleitoral brasileira acompanhou de perto o andamento dos trabalhos eleitorais, conversou com autoridades do governo russo e visitou alguns locais de votação em Moscou. Os compromissos do ministro Barroso incluíram uma reunião com o setor responsável pelo voto on-line no país. Cerca de três milhões de pessoas foram habilitadas para escolher os representantes via internet no pleito realizado semana passada.

Barroso também participou de um encontro com a presidente da Comissão Central Eleitoral, órgão responsável pela organização e eleições federais russas, Ella Pamfilova. Na sede da CCE, eles debateram a revitalização do memorando de entendimento firmado em 2011 por Brasil e Rússia.

O documento prevê, entre outros pontos, a promoção de iniciativas que visem fortalecer os sistemas eleitorais e o intercâmbio de conhecimento e experiência na área de desenvolvimento organizacional e técnicos do processo eleitoral, com ênfase na urna eletrônica e no cadastramento biométrico.

Democracia sob pressão

Além de conhecer as particularidades do processo eleitoral russo, o presidente do TSE ainda apresentou aos alunos da Academia Diplomática Russa, que corresponde ao Instituto Rio Branco brasileiro, a palestra “Democracia sob pressão”.

Eleições russas

As eleições legislativas de 2021 na Rússia elegeram os 450 membros da Duma (Câmara Baixa da Assembleia Federal – equivalente a nossa Câmara dos Deputados). Também foram feitas a escolha de 12 chefes de entidades federadas e a renovação de 39 parlamentos regionais.

BA, MC/DM

Leia mais:

14.09.2021 - Barroso vai atuar como observador nas eleições da Rússia

Últimas notícias postadas

Recentes