Engajamento nas redes sociais do TSE aumenta no 1º semestre de 2020

Balanço mostra que perfil no Instagram foi a rede na qual o Tribunal obteve os melhores números de desempenho

Instagram

As redes sociais são uma ferramenta de comunicação estratégica nos tempos atuais. Em sintonia com o presente e com o futuro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está cada vez mais atuante nas plataformas virtuais e isso tem se refletido em resultados positivos. No primeiro semestre de 2020, 67.077 pessoas passaram a seguir o Instagram do Tribunal. A evolução também se fez presente no Twitter, com 45,6 mil novos seguidores, e no Facebook, com 12 mil novos seguidores.

Criados com o objetivo de aproximar ainda mais o cidadão da Justiça Eleitoral, os perfis do TSE nas redes sociais e no YouTube divulgam à sociedade os serviços, as ações e as campanhas promovidas pela Justiça Eleitoral, com conteúdo acessível e democrático a todo instante.

O engajamento e a participação do cidadão nos canais da Justiça Eleitoral também vêm crescendo proporcionalmente ao número de seguidores.

Confira a seguir um balanço do número de acessos aos Portais do TSE e da Justiça Eleitoral e aos perfis do TSE nas redes sociais e no YouTube no primeiro semestre deste ano (de 1º de janeiro a 30 de junho).

Instagram

O perfil oficial da Justiça Eleitoral no Instagram tem mais de 1,9 mil postagens e compartilha campanhas educativas, informações eleitorais e ações realizadas tanto pelo TSE quanto pelos Tribunais Regionais Eleitorais. Hoje, a conta do Instagram do Tribunal conta com mais de 149 mil seguidores. 

No topo dos posts mais vistos neste semestre, está o que alertou o eleitor sobre o prazo final para o cadastramento biométrico nos estados, publicado em maio, que teve o alcance de 38.966 pessoas. O anúncio da primeira live do projeto Diálogos Democráticos, realizada pelo Tribunal no dia 19 de junho sobre o tema “Mulheres na Política”, também esteve entre as postagens mais vistas, alcançando 38.615 pessoas.

A postagem sobre a campanha da Justiça Eleitoral “Eu na Prefeitura, Eu na Câmara”, publicada no dia 22 de junho sobre jovens na política, foi a recordista de curtidas, com 9.861 likes. Já o vídeo com trechos da posse do ministro Luís Roberto Barroso publicado no dia 26 de maio foi o post mais compartilhado no semestre, com o engajamento de 4.143 pessoas.

Fábia Galvão, coordenadora de Redes Sociais, Campanhas e Portais do TSE, esclarece que o Instagram é a rede social do Tribunal que tem obtido os melhores números de desempenho. “Isso se deve a mudanças editoriais, a um volume maior de conteúdos publicados, principalmente por meio dos stories, e às transmissões ao vivo que começamos a fazer nessa rede”, destaca.

Uma das novidades implementadas foi a inserção, em junho deste ano, da hospedagem de matérias e conteúdos de interesse público na bio do perfil do TSE no Instagram. “Isso facilita o acesso a serviços e a informações citadas nos posts, que não permitem cliques em hiperlinks”, explica Fábia.

Facebook

A página do TSE no Facebook possui atualmente 226 mil seguidores e mais de 218 mil curtidas, com uma média de 113 comentários por postagem. No segundo semestre de 2019, a média era de 16 comentários. O número médio de compartilhamentos também cresceu, passando de um média de 37 para 151.

Já a média de curtidas obteve um crescimento de mais de 300%: foram 424 contra 99 curtidas no período anterior. Um dos vídeos mais vistos nesse canal foi o da primeira live do projeto Diálogos Democráticos.

A plataforma é utilizada para divulgar informações de utilidade para o eleitor, como prazos para a regularização da situação eleitoral ou para o cadastramento biométrico, assim como para promover ações de conscientização sobre a democracia e o enfrentamento da desinformação.

Twitter

Com mais de 355 mil seguidores, a conta @TSEjusbr foi lançada em setembro de 2009. Além de veicular conteúdo institucional ou relacionado às campanhas publicitárias, a ferramenta é utilizada para a divulgação dos programas de rádio e TV produzidos pelo Tribunal e para a transmissão de todas as sessões de julgamento da Corte Eleitoral. Eventos importantes também passaram a ser transmitidos ao vivo pela plataforma a partir de agosto de 2018. 

No primeiro semestre de 2020, a conta apresentou os seguintes números: foram 1.391 tweets; 16,61 milhões de impressões (a quantidade de vezes que um post é visto); 195,4 mil visitas; e 104,8 mil menções citando o Twitter do TSE.

O tweet mais visto (por 962.371 usuários) e com maior engajamento (324.511 interações) foi o que divulgou, no dia 29 de maio, a conversa do ministro Barroso com o biólogo Atila Iamarino para ouvir sugestões sobre a realização das Eleições Municipais 2020 em tempos de Covid-19.

YouTube

No canal da Justiça Eleitoral no YouTube, o eleitor pode acompanhar ao vivo as sessões plenárias da Corte Eleitoral, transmitidas às terças e às quintas-feiras, além de acessar conteúdos digitais exclusivos separados por playlists. Criado em julho de 2010, o canal possui mais de 7,7 mil vídeos com os principais julgamentos, eventos e atividades da Justiça Eleitoral.

Atualmente, mais de 110 mil pessoas estão inscritas na página. Nos últimos dois meses, por exemplo, o canal da Justiça Eleitoral ganhou mais de 20 mil inscritos. No primeiro semestre deste ano, foram mais de 6 milhões de visualizações. 

Portais

No primeiro semestre de 2020, o Portal do TSE – que abriga informações sobre eleições, serviços ao eleitor, pesquisa de jurisprudência, publicações e outros assuntos de escopo eleitoral – foi acessado por 114.455.519 usuários, com uma média mensal de 19.075.919 acessos. 

Já o Portal da Justiça Eleitoral (JE) – que traz informações importantes para os eleitores, como as funções e as competências da JE, sua estrutura e as atribuições de cada um dos seus órgãos – teve 13.698.981 acessos no período, com uma média mensal de 2.283.163. 

Esses dados do Portal da JE incluem os acessos ao Portal das Eleições, no qual é possível encontrar as resoluções que regerão o pleito deste ano, estatísticas e legislação eleitoral, além de uma série de serviços on-line oferecidos pela Justiça Eleitoral, esclarecimentos sobre a segurança do processo eleitoral e informações referentes à campanha do Mesário Voluntário.

MM/LC, DM

Últimas notícias postadas

Recentes