Eleições suplementares: veja os candidatos que concorrem neste domingo (1º)

Serão realizadas votações em nove cidades brasileiras, que deverão seguir os protocolos sanitários em razão da pandemia

Conheça os candidatos que concorrem neste domingo.

No próximo domingo (1º), nove cidades dos estados do Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso e Minas Gerais conhecerão seus novos prefeitos em eleições suplementares. Veja quem são os candidatos que concorrem ao posto em cada uma das localidades: 

No Ceará, no município de Martinópole, a disputa será entre James Bel (Progressistas) e Júnior Fontenele (PL). Em Missão Velha, entre Dr. Lorim (PDT) e Fitinha (PT); e em Pedra Branca, entre Matheus Gois (PSD) e Padre Antonio (PDT).

No Espírito Santo, os eleitores de Boa Esperança escolherão entre Antônio José (Republicanos), Claudio Boa Fruta (DEM) e Fernanda Milanese (Solidariedade). 

Em Mato Grosso, os eleitores de Acorizal optarão por Benna Lemes (DEM) ou Diego Taques (PSD). Já em Matupá, as eleições serão entre Bruno Mena (DEM), Geraldo Gezoni (PSB) e Marinilde (MDB). Na cidade de Torixoréu, por sua vez, concorrem Jonnes Saggin (PL) e Thiago Timo (PSB).

Em Minas Gerais, no município de Antônio Carlos, concorrem Herbert (PTC), Marcelo Ribeiro (PSDB) e Precata (DEM). Em Ibertioga, os candidatos são Juquinha (PTB) e Ricardo (Patriota).

Protocolos sanitários

No dia da votação, eleitores, mesários e todos os envolvidos nas eleições suplementares deverão seguir os protocolos sanitários estabelecidos pelo Plano de Segurança Sanitária do Tribunal Superior Eleitoral, criado em 2020. A medida visa minimizar os riscos de transmissão do Coronavírus.

Entre as principais práticas obrigatórias a serem observadas, está o uso de máscara de proteção facial para entrada e permanência no local de votação. Além disso, será disponibilizado álcool em gel para a higiene das mãos antes e depois da utilização da urna. Recomenda-se, ainda, que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação. 

Todos os que apresentarem febre, sintomas relacionados à Covid-19 ou até diagnosticados com a doença nos últimos 14 dias não devem comparecer ir às seções eleitorais. No entanto, é importante que justifiquem a ausência em até 60 dias.

Requerimento de Justificativa Eleitoral 

Plano de Segurança Sanitária do Tribunal Superior Eleitoral 

Saiba mais informações sobre as eleições nos municípios 

Últimas notícias postadas

Recentes