Dia da Água é celebrado no TSE em bate-papo com especialista em recursos hídricos

A data é comemorada mundialmente todo dia 22 de março, desde 1993

Sustentabilidade. Cuidar da água para colaborar com o planeta.

Para celebrar o Dia da Água, o TSE realizou, nesta segunda-feira (22), a palestra Fazer a Diferença: como atuar de forma colaborativa com a sociedade para cuidar da água. O bate-papo foi com Rodrigo Brito, head de Sustentabilidade Brasil e Cone Sul da Coca-Cola, e mediado pelo secretário de Modernização, Gestão Estratégica e Socioambiental (SMG) da Corte, Bruno Andrade. 

Brito falou sobre a importância da responsabilidade na gestão da água, seja nas empresas privadas ou na Administração Pública, e abordou temas sobre o impacto que a água tem em diversas atividades, como hábitos de higiene e consumo em processos de trabalho.

Pilares

Rodrigo Brito explicou os pilares de atuação da Coca-Cola no que tange ao uso eficiente da água bem como a busca para aumentar o acesso à água potável. Ele citou a redução da quantidade de água usada nas fábricas e em toda a cadeia produtiva e fez referência às medidas de proteção e devolução da água nas bacias hidrográficas em que a empresa atua.

"Na Coca-Cola, todo esse trabalho começou dentro de casa. Não adianta eu fazer um monte de coisa bonita fora se eu não for responsável na minha casa, nas minhas fábricas", pontuou.

Ele também falou especificamente sobre o uso da água como moeda de troca por votos em eleições, ou seja, a capitalização, por lideranças políticas locais, da distribuição de água em lugares mais carentes e de difícil acesso em busca de favorecimento político.

 "O Brasil sofre com isso. As organizações, as comunidades sofrem com isso. A gente trabalha apoiando essas organizações e essas comunidades e, sim, a gente escuta, vê, conhece e sabe que existe toda uma questão de moeda de troca de caminhão-pipa, de água por voto. Então, você organizar uma comunidade, você transformar um tema que era até então uma moeda de troca, em um tema de organização comunitária que traz um empoderamento, que traz uma autonomia muito maior daquela comunidade em torno de uma solução para si mesma, vai, em alguns casos, mexer com o interesse de alguns atores. Mas eu acho que isso vai virar passado", afirmou.

Nessa perspectiva, Rodrigo disse que o Nordeste, por exemplo, hoje está muito mais resiliente em relação à seca, diferentemente de décadas passadas, como nos anos 1980 e 1990. Isso, em suas palavras, tem participação de empresas, da sociedade e do Poder Público.

 Dia da Água

O Dia da Água foi criado pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em fevereiro de 1993. A data é comemorada todo dia 22 de março e marca o esforço conjunto da comunidade internacional para questões essenciais sobre recursos hídricos.

MS/CM, DM

Últimas notícias postadas

Recentes

Nota à Imprensa

Presidente do TSE conversou com autoridades nesta quinta-feira (22) sobre Eleições 2022