Justiça Eleitoral conclui eleição suplementar para governador do Tocantins

Mauro Carlesse foi eleito na votação do segundo turno

foto urna eletrônica com descritivo na tela -fim

O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) concluiu neste domingo (24) a organização das eleições suplementares para governador do estado. Após 30 minutos do encerramento da votação, que ocorreu de 8h às 17h, a apuração apontou a eleição do candidato Mauro Carlesse, que obteve 75% dos votos válidos (368.553 votos).

De acordo com os dados divulgados, houve grande abstenção na votação e grande incidência de votos brancos e nulos. Com mais de 1 milhão de eleitores aptos a votar, 663.297 compareceram às urnas. Os votos válidos totalizaram 490.461 (73%). Votos em branco somaram 17.209 (2,59%); os nulos, 155.627 (23,46%).

A soma dos percentuais de pessoas que não foram votar (34,86%) e pessoas que anularam seus votos (23,46%) ultrapassou mais da metade do eleitorado, somando 58,32% do total.

O resultado foi anunciado pelo presidente do TRE-TO, desembargador Marco Villas Boas, durante entrevista coletiva. Na ocasião, ele destacou a importância da participação do eleitor no processo eleitoral. “Não há eleição sem eleitor, o eleitor é a peça principal, é ele quem deve dar a legitimação máxima ao pleito eleitoral e escolher bem. A abstenção não é a melhor política de escolha”, avaliou o magistrado, ao destacar que o registro do voto nulo é mais interessante para a democracia do que simplesmente não comparecer à votação.

Uma nova eleição foi convocada no estado após o governador eleito em 2014, Marcelo Miranda, ser cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por arrecadação ilícita de recursos durante o período de campanha.

Além da eleição para governador do Tocantins, outros sete municípios escolheram novos prefeitos em eleição suplementar no último domingo.

Confira o resultado em cada cidade.

CM/RT

 

Últimas notícias postadas

Recentes