TSE funcionará com esquema especial durante julgamento da Aije 194358

TSE funcionará com esquema especial durante julgamento da Aije 194358

Fachada do TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se prepara para um dos maiores julgamentos dos últimos anos. Há uma expectativa de grande número de pessoas que vão circular no prédio durante os três dias de julgamento.

Para tanto, a Secretaria de Segurança do TSE se prepara para reforçar a segurança e, consequentemente, algumas áreas do tribunal estarão com acesso restrito. No prédio principal do TSE, por exemplo, os elevadores que ficam nas extremidades (trechos 2 e 5), serão de acesso exclusivo das autoridades. Sendo assim, os servidores poderão circular apenas pelos elevadores localizados no hall.

A sessão de julgamentos é aberta ao público, bastando se identificar na portaria para assistir, respeitando a lotação do local. No plenário, que comporta 240 pessoas sentadas, serão reservados assentos para advogados e autoridades. Para fazer a identificação desses visitantes, haverá reforço na segurança bem como será instalado um detector de metais próximo à entrada do Plenário.

Imprensa

Dentro do Plenário serão reservadas 20 cadeiras para jornalistas de veículos de imprensa previamente credenciados, que serão ocupadas por ordem de chegada. Fora do Plenário, haverá telão transmitindo a sessão com 100 cadeiras para que todos possam se acomodar confortavelmente. Haverá também televisores instalados no térreo do tribunal, uma vez que jornalistas vão acompanhar a movimentação fora do prédio. Até o momento, 82 veículos de comunicação se credenciaram para o julgamento.

Considerando que simpatizantes políticos dos partidos envolvidos na ação poderão tentar tumultuar o julgamento, a Polícia Militar vai estar por perto do tribunal para atender qualquer ocorrência. Uma viatura da PM fará a ronda durante todo o período que durar o julgamento.

Da mesma forma, uma viatura do Corpo de Bombeiros vai ficar disponível para atender qualquer eventualidade. O TSE também tem convênio com uma UTI Vida para o caso de pessoas precisarem de atendimento de emergência.

O julgamento da Aije 194358 desperta interesse nacional porque é o primeiro que pode resultar na cassação de um presidente da República.

Dada à importância do tema, os olhos de todo o país estarão voltados para o TSE nos dias marcados para o julgamento. Para tanto, o tribunal convocou duas sessões extraordinárias, além das sessões ordinárias já agendadas. Nesses dias também não haverá sessão administrativa para que os ministros se debrucem exclusivamente sobre o tema.

Dessa forma, os ministros vão se reunir a partir de terça-feira (4), às 9h, para a abertura do julgamento. A segunda sessão será no mesmo dia 4, porém, a partir das 19h. Na quarta-feira a sessão será também às 19h e, na quinta-feira, às 9h.

As sessões serão transmitidas ao vivo pela TV Justiça e também pelo canal da Justiça Eleitoral no YouTube.

CM/RC

Últimas notícias postadas

Recentes