Em evento internacional, presidente do TSE reforça educação digital para combate à desinformação

Encontro reuniu representantes de organizações preocupadas em enfrentar as ameaças digitais à democracia

Evento internacional Eleições e a transformação digital - 07.12.2021

Durante encontro internacional sobre o tema “Eleições e a transformação digital”, realizado nesta terça-feira (7) em formato virtual, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, destacou que a revolução tecnológica também deve caminhar junto com a educação digital e a regulamentação das plataformas digitais, para que a desinformação não abale o sistema eleitoral e a democracia.

O evento que debateu a temática foi promovido pelo Consórcio para Eleições e Fortalecimento do Processo Político (CEPPS) e pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid). O presidente do TSE e representantes de organizações que fomentam ações de fortalecimento da democracia global discutiram sobre como autoridades e a sociedade organizada podem combater as ameaças digitais e ajudar a garantir que a tecnologia funcione para promover a integridade das eleições e dos processos políticos ao redor do mundo.

“Fenômenos como a intolerância, o racismo e o totalitarismo, por exemplo, estão sempre no meio das principais ações de desinformação na internet, principalmente nas redes sociais. Os governos de todos os países devem lutar e fornecer mecanismos de combate a esse discurso de ódio. Além disso, devemos promover a educação digital, principalmente dos jovens, para que essas informações não se disseminem”, ressaltou.

O encontro reuniu informações e perspectivas de todo o mundo para discutir abordagens para enfrentar os efeitos da transformação digital mundial nas eleições. Segundo a diretora do Centro para a Democracia e Desenvolvimento (CDD), Idayat Hassan, as funções de organizações como empresas de tecnologia, órgãos de gestão eleitoral, observadores, sociedade civil e outros devem ajudar a promover soluções aos ataques às eleições e ao processo democrático de forma mais ampla. O CDD concentra suas atividades no continente africano.

Parcerias contra a desinformação

No evento, a representante do CEPPS e moderadora do debate, Julia Brothers, destacou o desenvolvimento de soluções para enfrentar tendências negativas e construir sociedades e sistemas políticos democráticos, abertos e livres on-line e off-line. De acordo com ela, o diálogo e as parcerias com as plataformas digitais poderiam ser um caminho para solucionar alguns problemas.

Barroso lembrou que, no Brasil, sobretudo na Justiça Eleitoral, já há parcerias nesse sentido, com destaque para o Programa de Enfrentamento à Desinformação, que tem a participação de gestores das principais plataformas digitais e redes sociais, bem como ações junto a checadores de notícias, como a página Fato ou Boato, criada pelo TSE nas Eleições 2020.

“As empresas perceberam que deviam se unir às autoridades eleitorais para proteger a integridade do processo eleitoral brasileiro. Se elas continuassem inertes a esse crescimento da disseminação de fake news, poderiam ter sua imagem associada à destruição da democracia”, ressaltou Barroso.

CEPPS e USAID

O Consórcio para Eleições e Fortalecimento do Processo Político (CEPPS) é composto por organizações não governamentais sem fins lucrativos, não partidárias, dedicadas a promover e apoiar as práticas e instituições democráticas em todo o mundo. Estabelecido em 1995, o CEPPS reúne a experiência de três importantes organizações internacionais dedicadas ao desenvolvimento democrático: a Fundação Internacional para Sistemas Eleitorais, o Instituto Republicano Internacional e o Instituto Democrático Nacional.

A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) é um órgão do governo dos EUA que lidera o desenvolvimento internacional e os esforços humanitários para salvar vidas, reduzir a pobreza, fortalecer a governança democrática e ajudar as pessoas a progredir além da assistência.

TP/LC, DM

Últimas notícias postadas

Recentes