Mesário voluntário é peça fundamental no processo democrático brasileiro

Trabalho de cidadãs e cidadãos durante as eleições é lembrado no Dia Internacional do Voluntariado

Mesários - 05.12.2021

Neste domingo (5), é celebrado o Dia Internacional do Voluntariado, data estipulada pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1985, com o objetivo de desenvolver o espírito de solidariedade em escala global. E o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se integra a diversas atividades que promovem o voluntariado, sendo a principal delas o programa Mesária e Mesário Voluntário.

De dois em dois anos, centenas de milhares de eleitoras e eleitores brasileiros se prontificam voluntariamente a auxiliar os trabalhos da Justiça Eleitoral, conscientes da importância do seu papel para garantir à população o pleno e seguro exercício do voto. A gestora comercial Maria Irene Siqueira, que já foi mesária voluntária por duas eleições em Fortaleza (CE), destaca a importância de ajudar o processo democrático do país.

“Fico ansiosa para que chegue o dia de votação. Para mim, é um dia de apoio à democracia, pois ajuda manter a ordem nos dias de eleição. Fui voluntária por duas vezes. Me sinto bem fazendo o que muitos que se dizem cidadãos ignoram. Para os que queiram ser voluntários: sejam, mas sejam de coração, porque dessa forma podemos ajudar gostando do que se faz”, ressalta.

Segundo informações dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), nas Eleições Municipais de 2020, atuaram 1.453.578 mesários, sendo 958.992 (66%) de forma voluntária. Esses colaboradores da Justiça Eleitoral se concentravam na faixa etária de 20 a 45 anos, sendo a maioria (66,4%) mulheres. O número total de pessoas que trabalharam como mesários no ano passado ultrapassou 1,5 milhão.

Para a Justiça Eleitoral, essa colaboração é absolutamente essencial para a realização das eleições, contribuindo de forma decisiva para a legitimidade do processo e ajudando a concretizar a missão cidadã de cada pessoa. A coordenadora substituta do Grupo de Trabalho (GT) sobre Mesários do TSE, Thayanne Fonseca, ressalta a atuação dessas pessoas que, voluntariamente, dão valiosa contribuição para o fortalecimento da democracia.

“O trabalho dos mesários, sobretudo dos que se voluntariam, é extremamente importante para o pleno exercício democrático. Eles garantem que o eleitor tenha plenas condições de exercer livremente o direito de votar, com sigilo, sem qualquer tipo de interferência. Penso que se voluntariar para essa função é uma oportunidade de conhecer bem de perto todo o processo e poder atestar toda a lisura e segurança das eleições”, enfatiza.

Dúvidas sobre como ser mesário voluntário em 2022? Fique por dentro!

Saiba mais informações no Canal do Mesário.

Importância das ações voluntárias

A sociedade reconhece a importância do trabalho voluntário em diversos setores. Na Justiça Eleitoral (JE), certamente a atuação dos mesários representa essa ação espontânea. Na opinião da médica psiquiatra e doutora em saúde mental Maria Cecília Freitas, a ação voluntária é, acima de tudo, uma questão de empatia e de ação benéfica.

“Todos nós temos esse sentimento de ajuda ao próximo. A generosidade, o contribuir com o outro exercem de maneira positiva, psicologicamente, em cada um. Quando eu ajudo e vejo o efeito e as ações da minha contribuição no outro, isso ativa na gente uma questão de empatia, que gera um bem-estar. Esse sentimento dá ao voluntário um sentimento de que a vida tem propósito”, destaca.

Ações no TSE

Além de realizar no período eleitoral campanha para incentivar a atividade voluntária de mesário, o TSE realiza, por meio das pessoas que trabalham na Corte, diversas atividades espontâneas de ajuda ao próximo.

Anualmente, servidoras e servidores da Justiça Eleitoral realizam a Campanha do Agasalho e o Natal Solidário, iniciativas para arrecadar roupas e brinquedos que são distribuídos para comunidades carentes e crianças.

O TSE também desenvolve o Programa de Educação Solidária, em que servidoras, servidores, colaboradoras e colaboradores ministram, voluntariamente, oficinas sobre diversos temas, para funcionários terceirizados, jovens aprendizes, reeducandos do sistema prisional e estagiários.

Ainda por iniciativa dos servidores da Corte Eleitoral, já foram realizadas campanhas voluntárias em celebração ao Dia dos Avós e ao Dia das Crianças, ambas para ajudar instituições que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade.

TP/LC, DM

Últimas notícias postadas

Recentes