Começa o rezoneamento eleitoral no Rio Grande do Norte

Começa o rezoneamento eleitoral no Rio Grande do Norte

Foto da fachada do edifício sede do TRE/RN

O rezoneamento eleitoral, aprovado pelo pleno do Tribunal Regional do Rio Grande do Norte (TRE-RN) pela Resolução nº 17/2014, encontra-se em andamento desde o início deste mês nos cartórios eleitorais dos municípios de Ielmo Marinho, Parazinho, Montanhas, Jundiá, Lagoa de Pedras, Carnaubais, Porto do Mangue, Vera Cruz, Galinhos, Senador Eloi de Souza, São Bento do Trairi e Pedro Avelino.

Para o presidente do TRE-RN, desembargador Virgilio Macedo, a transferência de eleitores, seja por extinção da Zona Eleitoral (ZE), remanejamento do município de uma zona para outra, redistribuição no próprio domicilio eleitoral ou para outro município, visa aperfeiçoar a logística de atendimento quanto às obrigações eleitorais, sempre que possível, reduzindo ao máximo as distâncias de deslocamento do eleitorado para a sede da zona eleitoral, considerando ainda o princípio da razoabilidade e economicidade.

“Diminuir a distância para o eleitor e as filas em algumas zonas eleitorais, que já não comportavam o número de eleitores existentes, como a de Parnamirim, que ganhou uma nova Zona Eleitoral, atendendo ao princípio da razoabilidade e economicidade, são fatores positivos para a realização do rezoneamento”, afirma o dirigente da Corte Eleitoral potiguar.

Os municípios/Zonas Eleitorais que já se encontram em preparativos são: Parazinho, de João Câmara (10ª) para São Bento do Norte (52ª) até o dia 26; Carnaubais, de Assu (29ª) para Pendências (47ª); Porto do Mangue, de Assu (29ª) para Areia Branca (32ª) até o dia 27; Ielmo Marinho, de Macaíba (5ª) para Ceará-Mirim (6ª); e Galinhos, de São Bento do Norte (52ª) para Macau (30ª), além de São Bento do Trairi, que sai da 68ª para a 16ª em Santa Cruz até o próximo dia 28.

Até o dia 2 de fevereiro haverá o remanejamento do município de Montanhas, da 12ª ZE - Nova Cruz para a 61ª - Pedro Velho (61ª); Jundiá da 13ª - Santo Antonio para a 9ª - Goianinha (9ª) e Lagoa de Pedras, que sai também da 13ª - Santo Antonio para 44ª - Monte Alegre (44ª). No dia seguinte (3) será a vez de Vera Cruz, que deixa de compor a 44ª – Monte Alegre e passa a integrar a 7ª – São José de Mipibu e Senador Elói de Souza, que sai da 53ª – Tangará para a 5ª – Macaíba.

A 48ª Zona Eleitoral, antes com sede em Pedro Avelino, foi extinta e seus eleitores passaram a compor a 54ª – Afonso Bezerra; e Parnamirim ficará com a 48ª e a 50ª, que já existia, podendo, assim, redistribuir seus eleitores.

Com as mudanças, as cinco zonas eleitorais extintas: 45ª (Caicó), 48ª (Pedro Avelino), 58ª (Janduís), 64ª (São Rafael) e 65ª (São João do Sabugi) foram remanejadas para Apodi, Parnamirim, Mossoró, Extremoz e Pau dos Ferros, respectivamente. Serra Negra do Norte, extinta com o rezoneamento, teve seus eleitores transferidos para Caicó.

Todos os eleitores dos municípios que tiverem suas zonas alteradas continuarão votando em suas cidades e terão que trocar seus títulos de acordo com o período que será informado pelo juiz eleitoral responsável pela jurisdição.

Conheça todos os municípios que foram contemplados pela Resolução nº 17/2014:

http://intranet.tre-rn.gov.br/portal/judiciario/jurisprudencia/inteiro-teor-de-acordaos-e-resolucoes/

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do TRE-RN

Últimas notícias postadas

Recentes