Conexão Eleitoral aborda o fim das coligações nas eleições proporcionais

Programa vai ao ar pela TV Justiça às segundas-feiras, às 19h30

A edição inédita do programa Conexão Eleitoral traz informações sobre o fim das coligações nas eleições proporcionais. A partir das Eleições Municipais de 2020, não será mais permitida a união de diferentes partidos para concorrer no pleito. Os candidatos aos cargos de vereador e deputado só poderão participar da disputa em chapa única dentro do partido.

A preparação do Teste Público de Segurança (TPS) do Sistema Eletrônico de Votação também é destaque do Conexão Eleitoral. O evento, previsto na Resolução-TSE nº 23.444/2015, conta com a contribuição da sociedade para auxiliar no constante aperfeiçoamento dos programas de computador usados nas eleições. Em breve, serão abertas as inscrições para a quinta edição do TPS – previsto para ocorrer em novembro deste ano –, na qual será verificado o sistema a ser utilizado no pleito de 2020. Para se inscrever, basta ser brasileiro e ter mais de 18 anos.

O programa ainda mostra a importância de registrar todas as pesquisas eleitorais na Justiça Eleitoral em ano de eleição. A Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições) especifica que as entidades e empresas que realizarem esse tipo de pesquisa devem registrá-la até cinco dias antes de sua publicação. A falta do registro pode acarretar multas severas às empresas.

O programa

Produzido pelo Núcleo de Rádio e TV da Assessoria de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral (Ascom/TSE), o Conexão Eleitoral vai ao ar pela TV Justiça às segundas-feiras, às 19h30. As reprises ocorrem nos seguintes dias e horários: quartas, às 11h; quintas, às 20h30; sábados, às 5h; e domingos, às 21h.

O programa também está disponível na página da Justiça Eleitoral no YouTube.

AN/LC, DM

Últimas notícias postadas

Recentes