Segunda live da série “Diálogos Democráticos” vai abordar impactos da desinformação no processo eleitoral

Debate on-line, mediado pelo presidente do TSE, será realizado na próxima segunda-feira (29), às 18h30. Live será transmitida pelos perfis oficiais do Tribunal nas redes sociais e no YouTube

Diálogos Democráticos Fake News

Na próxima segunda-feira (29), a partir das 18h30, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) promove a segunda live da série “Diálogos Democráticos”. Desta vez, o debate on-line, conduzido pelo presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, vai abordar o fenômeno da desinformação no dia a dia da sociedade, com ênfase no impacto das notícias falsas nos processos democrático e eleitoral brasileiros.

A live terá como convidados a jornalista Cristina Tardáguila, criadora da Agência Lupa; o biólogo e youtuber Atila Iamarino; e o deputado federal Felipe Rigoni (PSB), um dos autores do projeto de lei de combate à desinformação na internet. O debate será transmitido ao vivo pelo canal da Justiça Eleitoral no YouTube e em todas as redes sociais oficiais do TSE.

A desinformação não é um fenômeno novo, mas ganhou impulso com a popularização das redes sociais em razão do compartilhamento de conteúdos falsos ou sem fonte confiável. Identificar e combater a disseminação de notícias falsas é um desafio que envolve toda a sociedade. O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, destacou a importância do debate a respeito da desinformação. "Com a próxima live, o TSE espera conscientizar e mobilizar as pessoas para a necessidade de atentar para a origem e a veracidade da informação antes de repassá-la. E discutir caminhos para tentar conter a propagação de notícias falsas, um dos principais desafios contemporâneos para preservação da democracia".

Ao assumir a Presidência da instância máxima da Justiça Eleitoral, no dia 25 de maio, o ministro Luís Roberto Barroso destacou em seu discurso de posse o compromisso da Justiça Eleitoral em assegurar a democracia brasileira e a preocupação da Corte com campanhas de desinformação, de difamação e de ódio na internet. Ele também ressaltou que as mídias sociais, as plataformas de internet, os veículos de imprensa e a própria sociedade são os principais atores no enfrentamento da desinformação.

Chat

Quem estiver acompanhando a transmissão poderá interagir por meio dos chats, que possibilitam o envio de perguntas, colaborações, críticas e sugestões relacionadas aos temas em debate. Os interessados poderão também participar da iniciativa postando mensagens no Twitter usando a hashtag #DiálogosDemocráticos.

Confira os termos de uso dos canais digitais do TSE.

Enfrentamento da desinformação

A live está inserida no Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020, instituído pelo TSE em agosto de 2019 para combater os efeitos negativos provocados pelas informações falsas no processo eleitoral brasileiro. O programa conta com dezenas de instituições parceiras, entre partidos políticos e entidades públicas e privadas que buscam fortalecer a segurança da informação na internet.

MC/LC, DM

Leia mais:

19.06.2020 - Em live promovida pelo TSE, personalidades femininas debatem a necessidade de mais mulheres na política

Últimas notícias postadas

Recentes