TSE pede a permanência no Rio das tropas destinadas à Olimpíada até as eleições

Foto ilustrativa de tropa federal

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, afirmou nesta quarta-feira (27), em entrevista à Rádio Jovem Pan, que o presidente da República em exercício, Michel Temer, lhe pediu que providenciasse uma intervenção em relação à segurança pública no Rio de Janeiro na época do período eleitoral. 

“Há muita insegurança no Rio de Janeiro. O próprio presidente nos pediu que fizesse intervenção. E nós cuidamos de traduzir essa preocupação ao ministro Raul Julgmann, da Defesa, para que pelo menos parte dessas forças lá permaneçam depois da Olimpíada e alcancem o período eleitoral”, afirmou o presidente do TSE. 

“Mas é claro que isso tem implicações, tem despesas e no momento estamos em contenção de gastos, todos sabem. Mas acho que esse esforço seria adequado. A situação no Rio de Janeiro, não por conta da Olimpíada, nem das eleições, mas porque o quadro de insegurança pública continua muito evidente”, concluiu. 

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos terminam em 18 de setembro, duas semanas antes das eleições para os cargos de prefeito e vereador. 

 

 

BB, com informações da Assessoria de Comunicação Social do TRE-RJ

Últimas notícias postadas

Recentes