São Paulo (SP): Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) disputarão 2º turno

Novo prefeito da capital paulista somente será definido no dia 29 de novembro

O novo prefeito da cidade de São Paulo (SP) será definido apenas em segundo turno, no próximo dia 29 de novembro. A disputa ficará entre Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL).


Com 99,92% das seções totalizadas, à 0h20 desta segunda (16), Covas havia obtido 1.752.949 votos (32,86% dos votos válidos), contra 1.079.924 (20,24%) votos recebidos por Boulos.

Foram registradas 2.630.804 abstenções (29,30% do total do eleitorado), 372.715 votos em branco (5,87%) e 641.754 votos nulos (10,11%).

Perfis

Formado em Direito pela USP, Bruno Covas foi reeleito para a Prefeitura da cidade de São Paulo. Economista graduado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, foi deputado estadual e secretário estadual de Meio Ambiente. Bruno Covas disputa a reeleição pela coligação Todos por São Paulo (PP/MDB/Pode/PSC/PL/Cidadania/DEM/PTC/PV/PSDB/Pros). Seu candidato a vice é Ricardo Nunes (MDB).

Guilherme Boulos é professor, formado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, além de mestre em Psiquiatria pela Faculdade de Medicina da USP. O paulistano faz parte da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). Foi candidato à Presidência da República, em 2018, recebendo pouco mais de 617 mil votos. Boulos concorre à Prefeitura da capital paulista pela coligação Pra virar o Jogo (PCB/Psol/UP). Sua candidata a vice é Luiza Erundina (PSOL).

LC/DM

 

Últimas notícias postadas

Recentes