Ouvidoria do TSE realizou mais de 18 mil atendimentos de janeiro a março deste ano

No trimestre, os assuntos de destaque foram “título eleitoral” e “certidão de quitação eleitoral”

Ouvidoria

A Ouvidoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizou 18.239 atendimentos ao cidadão nos três primeiros meses deste ano. O número abrange as demandas que chegaram via formulário eletrônico, e-mail, telefone e cartas, no período de 1º de janeiro a 31 de março.

Desde março do ano passado, em razão das medidas de isolamento social adotadas diante da pandemia provocada pelo novo coronavírus, a Ouvidoria do TSE, assim como outras áreas do Tribunal, teve de adaptar o seu funcionamento.

Servidores e colaboradores são responsáveis pelos atendimentos realizados via SAC, que pode ser acionado pelos usuários por meio de formulário eletrônico e por e-mail. As ligações recebidas nos números da Ouvidoria estão sendo direcionadas aos números pessoais dos atendentes, que estão atuando em teletrabalho.

Em janeiro, a maior parte dos atendimentos, 92,39%, chegou pelo formulário preenchido diretamente no Portal do TSE, o que representou 4.816 atendimentos no mês.

Já em fevereiro e março, os atendimentos por telefone tiveram destaque, sendo 2.830 ligações (52,56%) em fevereiro e 2.916 (60,40%) em março, de acordo com os números contabilizados pelo sistema.

Os assuntos mais demandados durante os três meses foram “título eleitoral” e “certidão de quitação eleitoral”, representando 9.472 solicitações.

Qualquer pessoa pode entrar em contato com a Ouvidoria do TSE para esclarecer dúvidas institucionais, fazer elogios ou críticas. Também é possível fazer perguntas sobre temas relacionados ao processo eleitoral.

O atendimento pode ser via formulário, ferramenta que inclui de forma automática a demanda no SAC e permite o encaminhamento da comunicação do usuário, de forma direta, às demais unidades do Tribunal. A Ouvidoria também atende, de segunda a sexta-feira, pelos telefones (61) 3030-7580/ 3030-7576/ 3030-7575/ (das 7h às 13h); (61) 3030-7357 (das 13h às 17h); e (61) 3030-7579/ 3030-7578/ 3030-9273/ (das 13h às 19h).

PN/LC, DM

Últimas notícias postadas

Recentes