Segundo turno: 142,8 milhões de eleitores estão aptos a votar neste domingo

Segundo turno: 142,8 milhões de eleitores estão aptos a votar neste domingo

Imagem da urna eletrônica com a bandeira do Brasil atrás.

Desde as 8h deste domingo (26), as urnas estão abertas para receber o voto dos 142,8 milhões de eleitores que estão aptos a votar nas Eleições 2014. Os brasileiros escolherão o novo presidente da República e, em 13 estados e no Distrito Federal, também escolherão o novo governador. A votação será encerrada às 17h, considerando o horário de cada localidade.

Os eleitores que estão fora do Brasil poderão votar nas 135 cidades espalhadas por 89 países. Ao todo, 354.184 estão aptos a votar no exterior, sendo que a eleição fora do país só ocorre para o cargo de presidente da República.

Em 764 municípios os eleitores votarão em urnas biométricas, ou seja, serão identificados por meio da impressão digital antes de votar. Mais de 21 milhões de eleitores serão identificados por essa modalidade. Toda a votação será por meio da urna eletrônica, que são 530 mil em todo o país. Serão instaladas mais de 450 mil urnas e as demais servirão de reserva, para serem utilizados em caso de falha ou defeito.

Para votar, o eleitor deve apresentar um documento oficial com foto e o título de eleitor. Quem não levar o título, mas souber o seu local de votação poderá votar apenas com o documento de identificação. São considerados documentos oficiais a carteira de identidade, carteira de identidade funcional, carteira de trabalho ou de habilitação com foto, certificado de reservista e passaporte. As certidões de nascimento ou casamento não serão aceitas como prova de identidade.

Voto em trânsito

Em todo o país, 79.452 eleitores solicitaram voto em trânsito, ou seja, votarão fora do seu domicílio eleitoral em uma das 91 cidades que vão dispor das urnas especiais para esse fim. A votação em trânsito também só ocorre para o cargo de presidente da República. O prazo para solicitar o voto fora do domicílio eleitoral terminou no dia 21 de agosto de 2014. Nas próximas eleições, esses eleitores votarão normalmente em sua sessão de origem.

O maior colégio eleitoral do país, São Paulo é o estado que registrou mais pedidos de eleitores interessados em votar fora de seu domicílio eleitoral. No segundo turno serão 17.591 eleitores que votarão em trânsito. Em Minas Gerais, 11.582 pediram para votar em trânsito no dia 26 de outubro. No Rio Grande do Sul, 6.377 eleitores gaúchos solicitaram essa modalidade de voto.

Por outro lado, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são os estados mais procurados pelos eleitores que vão votar fora de seu domicílio eleitoral. Em São Paulo, houve 23.393 pedidos de eleitores no segundo turno. No Rio, serão 7.117 nesta segunda etapa da eleição. E em Minas Gerais, o número de solicitações para votar no estado no próximo turno foi de 6.493.

Para votar em trânsito é preciso que o eleitor esteja com a situação regular no cadastro eleitoral e apresente um documento oficial com foto. Uma vez cadastrado nessa modalidade, ele ficará automaticamente apto a votar no local onde informou que estará no dia do pleito, mas será desabilitado para votar na sua seção de origem.

Resultado da eleição

A divulgação do resultado das eleições para presidente da República no segundo turno só começará a partir das 20h, considerando o horário de Brasília. Isso porque, com a adoção do horário de verão, o estado do Acre ficará com três horas a menos de fuso horário em relação à capital do país.

Já os resultados do segundo turno para governador nos 13 estados e no DF começarão a ser divulgados logo após o término da votação em cada estado (17h, pelo horário local).

Justificativa

O eleitor que não votou no primeiro turno deve votar normalmente no segundo turno. A justificativa é individual, uma vez que cada turno corresponde a uma eleição. O prazo para justificar a ausência do primeiro turno é 4 de dezembro. Para quem não puder comparecer no segundo turno, o prazo para justificar será 26 de dezembro em qualquer cartório eleitoral. Também é possível justificar nos postos de justificativas montados no dia da eleição.

Para preenchimento do formulário de justificativa no dia da eleição é indispensável o número do título de eleitor. O ausente pode preencher o formulário antecipadamente, mas só deve assiná-lo quando da entrega, na presença do mesário. Imprima aqui o seu formulário de justificativa.

CM/GA 

Últimas notícias postadas

Recentes