Confira o resultado das eleições suplementares realizadas neste domingo (25)

Eleitores de três municípios voltaram às urnas para eleger prefeitos

Urna Eletrônica (confirma)

Já foram apurados, pela Justiça Eleitoral, os votos das eleições suplementares realizadas no último domingo (25) em três municípios brasileiros, que voltaram às urnas para escolha de novos prefeitos. Esse tipo de eleição é necessária quando há a cassação de mandato por parte da Justiça Eleitoral.

Confira, a seguir, o resultado em cada cidade:

Água Nova (RN)

Os eleitores de Água Nova, no Rio Grande do Norte, escolheram Francisco Ronaldo (DEM) para ocupar o cargo do Executivo municipal. Eleito com 52,42% dos votos válidos, Ronaldo recebeu 1.204 votos no total, e terá como vice Francisco de Assis do Nascimento (SD). Francisco Ronaldo vai substituir a prefeita eleita em 2016, Iomara Rafaela Lima de Souza Carvalho (MDB), que teve o mandato cassado e foi declarada inelegível pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em setembro deste ano. A condenação é por abuso de poder político e econômico e por compra de votos nas Eleições 2016.

Pendências (RN)

Outro município do Rio Grande do Norte que elegeu novo prefeito foi Pendências, que tem 10,2 mil eleitores. O escolhido pela maioria foi Flaudivan Martins (MDB) e seu vice, Francivani Batista da Silva (PSDB). Eles concorreram pela Coligação Unidos por Pendências e receberam 4.383 votos válidos, o que equivale a 50,14% do total. Novas eleições foram marcadas no município porque Fernando Antônio Bezerra de Medeiros (MDB) e seu vice, eleitos em 2016, tiveram os mandatos cassados pelo TSE e foram declarados inelegíveis por compra de votos e por abuso de poder econômico e político.

Caarapó (MS)

No Mato Grosso do Sul, o município de Caarapó elegeu como representante André Nezzi (PDT) e seu vice, Leônidas Ignácio Moreno (DEM). Dos 20,4 mil eleitores aptos a votar, 13.015 compareceram às urnas; destes, 10.554 escolheram os candidatos, que concorreram pela Coligação União, Trabalho e Prosperidade. O número corresponde a 87,95% do total de votos válidos.

A nova eleição foi convocada após a cassação do mandato do prefeito eleito em 2016, Mário Valério (PR), e de seu vice. Os dois responderam por crimes como compra de votos, abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação.

Os eleitos neste domingo devem cumprir o mandato até 31 de dezembro de 2020.

Os resultados podem ser consultados no Portal do TSE.

CM/RR, DM

Leia mais:

21.11.2018 - Eleições suplementares municipais ocorrem neste domingo (25) no RN e MS

Últimas notícias postadas

Recentes