#Esquenta Teste da Urna: em 2012, plano de ataque contribuiu para tornar a votação ainda mais segura

Na contagem regressiva para a 7ª edição do TPS, websérie mostra as principais contribuições para o aprimoramento do sistema eletrônico de votação

tps-2012

Daqui a 30 dias, em 27 de novembro, quando especialistas em informática de todo o Brasil estiverem reunidos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília (DF), terá sido dada a largada para o Teste Público de Segurança da Urna (TPS) 2023. A 7ª edição do evento, que se estende até 1º de dezembro, conta com 85 pré-inscrições aprovadas e vai testar a urna eletrônica. O foco principal é avaliar a segurança e a confiabilidade do equipamento.

Veja reportagem no canal do TSE no YouTube.

Playlist conta a história do Teste de Urna.

As seis edições realizadas até aqui contabilizam números impressionantes: são 202 horas de testes públicos, 96 planos de ataque às urnas eletrônicas executados e 148 investigadores envolvidos, mostrando o aumento progressivo do engajamento da sociedade em uma das etapas mais importantes de fiscalização e auditoria do processo eleitoral.

Para relembrar os principais acontecimentos das edições anteriores do TPS, o Portal do TSE publica a websérie #Esquenta Teste da Urna, que reunirá um total de seis reportagens especiais com os principais fatos do evento. A publicação dos conteúdos ocorrerá sempre aos sábados, até 25 de novembro, antevéspera do Teste de Urna 2023.

Nesta segunda matéria, saiba tudo o que aconteceu na 2ª edição do Teste Público da Urna, realizada em 2012.

Teste da Urna 2012

O ano era 2012. Entre 20 e 22 de março, 24 investigadores individuais ou em grupos se reuniram na sede do TSE, em Brasília, para analisar e apresentar sugestões de aperfeiçoamento dos hardwares e softwares da urna eletrônica para as Eleições Municipais que ocorreriam dentro de seis meses.

tps-2012

Em três dias, foram colocados em prática mais de 20 planos de ataque, num total de 24 horas contínuas de testes. Nenhum deles, no entanto, conseguiu violar o sigilo do voto, mas ajudaram a aprimorar o sistema eletrônico de votação, conforme você verá a seguir.

Participaram do TPS 2012 representantes das Universidades de Brasília (UnB), do Ceará (UECE), de Taubaté (Unitau) e Federal de Uberlândia (UFU); do Instituto Sapientia; da Polícia Federal; da Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadora (Certi); e da Marinha do Brasil.

Achados e evoluções

No 2º Teste Público de Segurança da Urna (TPS 2012), os investigadores tentaram violar a integridade e o sigilo do voto. Um dos planos conseguiu fazer o sequenciamento dos votos contidos no Registro Digital do Voto (RDV) – o arquivo registra os números digitados pela eleitora e pelo eleitor na urna eletrônica.

tps-2012

É por meio do RDV que são criados dois importantes relatórios da urna eletrônica: a zerésima e o Boletim de Urna. No entanto, os investigadores não conseguiram obter a sucessão de comparecimento dos eleitores. Logo, o sigilo do voto não foi violado pelos investigadores.

Aprimoramento

Para assimilar a contribuição feita pelos participantes, os técnicos do TSE fortaleceram o mecanismo de embaralhamento dos dados no RDV, impossibilitando que seja descoberta a ordem dos números digitados pelo eleitorado.

1/ Galeria de imagens

O Teste

O Teste da Urna é a oportunidade que eleitoras e eleitores têm de conferir de perto o alto grau de confiança do sistema eleitoral brasileiro. A auditoria é considerada uma das etapas de fiscalização mais importantes do sistema eletrônico de votação.

É por meio do TPS que são colhidas sugestões de melhorias apresentadas por pessoas de fora da Justiça Eleitoral e que serão implementadas antes das Eleições 2024.

Qualquer brasileira ou brasileiro maior de 18 anos pode se inscrever. Acesse a página do TPS.

DV/LC, DM

Leia mais:

21.10.2023 - #Esquenta Teste da Urna: websérie relembra edições anteriores do evento

18.10.2023 – Teste da Urna 2023: publicado novo calendário do evento

18.10.2023 - Conheça a estrutura montada para inspeção do código-fonte pelos pré-inscritos no Teste da Urna

16.10.2023 - Teste da Urna 2023: começa hoje (16) a segunda etapa de pré-inspeção do código-fonte

09.10.2023 - Teste da Urna 2023: investigadores devem apresentar planos de testes a partir desta segunda (9)

09.10.2023 - Teste da Urna: pré-inspeção do código-fonte pelos participantes do TPS 2023 começa hoje (9)

02.10.2023 - Teste da urna: Investigadoras e investigadores inspecionam código fonte em outubro

25.09.2023 - Teste da Urna chega à 7ª edição com 202 horas de atividades e 96 planos executados

21.09.2023 - Teste da Urna 2023: vídeos informativos sobre o sistema eletrônico de votação já estão disponíveis

18.09.2023 - Conheça a estrutura montada pelo TSE para receber participantes do Teste da Urna 2023

18.09.2023 - Teste da Urna 2023: investigadores devem apresentar planos de testes

15.09.2023 - Teste da Urna 2023 amplia recorde de pré-inscritos com mais 8 integrantes

23.08.2023 - TSE publica edital de convocação do Teste Público de Segurança da Urna 2023 

icone mapa
Setor de Administração Federal Sul (SAFS)
Quadra 7, Lotes 1/2, Brasília/DF - 70095-901,
Tribunal Superior EleitoralTel.:(61) 3030-7000

Icone horário de funcionamento dos protocolos

Funcionamento dos protocolos administrativo e judiciário : segunda a sexta, das 11h às 19h. 

Horário de funcionamento de outros serviços e mais informações

Acesso rápido