TSE nas redes: conheça os perfis oficiais do Tribunal nas principais plataformas digitais

Corte Eleitoral está no Instagram, Facebook, Twitter, YouTube, Flickr, TikTok e WhatsApp

Redes sociais

Atento às inovações tecnológicas e à possibilidade de se comunicar com públicos distintos, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ampliou a presença nas redes e criou perfis oficiais nas principais plataformas digitais da atualidade. Com contas bem estabelecidas no Instagram, Facebook, Twitter, YouTube e Flickr, em 2020, o TSE assinou acordos com o TikTok e o WhatsApp, expandindo ainda mais sua atuação no universo digital.

Atualmente, a Corte Eleitoral possui contas em sete plataformas. Saiba mais sobre cada uma delas:

TikTok

Agora, os jovens também possuem um canal direto de comunicação com o Tribunal. Com o objetivo de promover uma maior aproximação com esse público tão relevante, o TSE assinou em outubro um acordo com o TikTok, que hoje ocupa o quarto lugar no ranking das maiores redes sociais do mundo. Desde a estreia, 71 vídeos curtos com as principais informações sobre o processo eleitoral brasileiro foram postados pela equipe de Comunicação do Tribunal. Juntas, as gravações disponibilizadas já somam mais de 165,4 mil curtidas entre os usuários do aplicativo.

WhatsApp

Fruto de um acordo com serviço de mensagens e a empresa InfoBip, o assistente virtual do TSE no WhatsApp foi inaugurado no final do mês de setembro. Por meio do chatbot, eleitores puderam consultar seu local de votação, conferir os cuidados na hora de votar e acessar as estatísticas eleitorais. Durante o pleito de 2020, a ferramenta foi uma importante aliada no combate às fake news propagadas na internet.

Instagram

Ativa desde 2017, a conta TSE no Instagram é a que obtém os melhores índices de desempenho: são mais de 2,6 mil postagens acompanhadas diariamente por 206 mil seguidores. A interação com o usuário acontece por meio das publicações no feed, nos stories e nas transmissões ao vivo. Uma das novidades do perfil é o link na bio, que proporciona acesso facilitado às notícias e às demais informações de interesse público.

Facebook

Com mais de 244 mil curtidas e 255 mil seguidores, a página do TSE no Facebook é um importante meio de propagação de informações confiáveis relacionadas ao processo eleitoral brasileiro. O espaço também é utilizado para divulgar conteúdos úteis ao eleitor e promover ações de conscientização sobre a democracia brasileira, além de transmitir sessões de julgamento e lives realizadas pelo Tribunal.

Twitter

Lançado em 2009, o perfil do TSE no Twitter oferece informações úteis aos eleitores de forma rápida e descomplicada. São mais de 378,5 mil seguidores que acompanham diariamente a divulgação de programas de rádio e TV produzidos pela equipe de Comunicação do Tribunal, campanhas publicitárias, matérias sobre os processos julgados pelos ministros, sessões plenárias e transmissões ao vivo de eventos importantes.

YouTube

Transmissão ao vivo das sessões de julgamento, séries com dicas para o eleitor e reportagens sobre o processo eleitoral brasileiro ao alcance de um clique. Essa é a proposta do canal da Justiça Eleitoral no YouTube, que, desde a sua estreia, em 2010, já conquistou 187 mil inscritos e alcançou mais de 38 milhões de visualizações. Todo o material é separado por playlists, tornando a navegação ainda mais ágil e intuitiva.

Flickr

Criado em 2016, o Flickr do TSE reúne registros fotográficos das sessões plenárias de julgamento, das solenidades realizadas pelo órgão e de compromissos oficiais do presidente da Corte Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso. O banco de imagens possui mais de 13 mil fotografias que foram visualizadas mais de 3,2 milhões de vezes pelas pessoas que visitam o perfil. As fotos são disponibilizadas em alta resolução e podem ser baixadas gratuitamente por qualquer usuário que acessar a página. A reprodução do conteúdo por veículos de comunicação também é permitida, desde que os créditos dos autores sejam citados na matéria.

Siga os perfis do TSE no Instagram, Facebook, Twitter, Flickr, YouTube e TikTok. Para mais informações sobre voto seguro, estatísticas eleitorais e serviços úteis ao eleitor, converse com o chatbot do Tribunal no WhatsApp.

BA/LC, DM

Últimas notícias postadas

Recentes