A JE Mora ao Lado: mesária de Goiânia elogia estrutura organizada de todo o processo eleitoral

Nélia Del Bianco foi voluntária pela primeira vez em 2022 para defender a lisura das eleições

Série a JE Mora ao Lado - 03.02.2022

Aos 63 anos de idade, a professora aposentada Nélia Rodrigues Del Bianco resolveu ser mesária voluntária nas Eleições Gerais de 2022 para defender o processo eleitoral com as urnas eletrônicas e a democracia. Ela mora atualmente em Goiânia (GO), e a decisão veio após perceber que o momento político no país era bastante crítico, diante dos questionamentos sobre a lisura do sistema eleitoral, mais especificamente os que colocam dúvidas relacionadas ao voto eletrônico.

“Como se pode perceber quando se trabalha como mesário, existe uma estrutura muito bem organizada que está por trás desse processo. É um sistema muito bem estruturado e não se resume às urnas eletrônicas, mas a toda a estrutura montada em torno da realização das eleições”, diz, ao afirmar que é impossível encontrar uma falha em todo esse sistema.

Veja a entrevista no canal do TSE no YouTube.

Ela disse que causou estranheza toda a movimentação em torno dos questionamentos sobre as urnas eletrônicas, já que, por muitos anos, ninguém havia levantado suspeitas tão sérias. Como mesária, pôde comprovar que não haveria o que temer. “O processo é muito bem organizado e sistematicamente seguro. Eu tinha consciência de que as suspeitas eram infundadas e de que não havia motivo nenhum para questionar um processo tão bem organizado”, comenta.

Outra motivação para ser mesária voluntária, aponta a professora, foi o fato de ter sempre trabalhado lecionando e, como agora está aposentada, percebeu que teria tempo livre para participar da capacitação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) destinada aos mesários.

“Esse detalhe é muito importante. Não basta querer ser mesário; é preciso estar pronto para ser mesário. Nesse momento, você se sente dando uma contribuição à construção da nossa democracia. Você, como cidadã, está reconhecendo a importância desse processo para a renovação dos cargos para presidente, governador, deputados e colaborando para dar segurança ao eleitor”, pontua.

Dúvidas

Nélia Del Bianco afirma que percebeu durante a atuação como mesária que muitos eleitores tinham dúvidas sobre as urnas eletrônicas e o funcionamento da Justiça Eleitoral. “Alguns queriam, por exemplo, fazer o cadastramento biométrico e atualizar o endereço. Nós tínhamos que explicar que não havia nenhuma conexão com a internet ali e que não resolvíamos problemas com a Justiça Eleitoral. O cidadão teria que procurar um cartório eleitoral para resolver essas questões”, lembra.

Olho no olho

A professora diz que pôde conhecer melhor os eleitores, suas demandas, inseguranças e angústias, olhar no olho de cada um. Muitos duvidavam se o voto seria ou não contabilizado. Para ela, os mesários também têm um papel educativo, pois, durante todo o processo de recebimento dos eleitores, eles tinham que prestar esclarecimentos para esclarecer as dúvidas dos eleitores.

“Todo o processo que colocou em dúvida as urnas eletrônicas trouxe para o eleitor muita desinformação e questionamentos. Então, eu levei um pouco da minha experiência como professora. Havia muitos eleitores preocupados em ver a zerésima na porta”, lembra, se referindo ao documento emitido em cada seção eleitoral indicando que não existe voto registrado e que a urna eletrônica está zerada antes de iniciada a votação.

Agilidade

Outro ponto destacado por ela foi o fato de o mesário ter um papel fundamental para dar agilidade ao processo de votação. “Quando se tem um número grande de cargos em votação, o eleitor demora muito mais para votar. Ao mesmo tempo, é preciso que o mesário saiba como pode agilizar esse processo, para que mais pessoas votem o mais rápido possível. Isso reduz as queixas na fila de espera”, enfatiza.

Apesar de ser um trabalho cansativo, ela disse que está à disposição para atuar como mesária nas próximas eleições, caso seja requisitada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Goiás. A professora diz que também acredita que as próximas eleições podem ser mais calmas, sem a avalanche de notícias falsas e de desinformação, como foram no pleito deste ano. “Sempre participei das eleições com muita alegria. É um momento de festa. A gente precisa recuperar esse momento de festa e de alegria, de comemoração da nossa democracia”, conclui.

Série Mesários

Esta história faz parte da série Mesários – A Justiça Eleitoral Mora ao Lado. Os textos estão sendo publicados desde fevereiro, mês em que a Justiça Eleitoral comemorou 90 anos. A ideia é mostrar que a atuação para garantir o processo democrático por meio das eleições só é possível graças às mesárias e aos mesários que participam ativamente do processo eleitoral em todo o país.

PG/LC, DM

Leia mais:

06.12.2022 – A JE Mora ao Lado: atuar como professora ajuda na função de mesária

01.12.2022 – A JE Mora ao Lado: mesária destaca segurança e seriedade das eleições

29.11.2022 – A JE Mora ao Lado: mesário recorda do tempo em que contava votos em cédulas de papel

22.11.2022 - A JE Mora ao Lado: mesário fala sobre rotina no dia da votação

17.11.2022 - A JE Mora ao Lado: professor de Alagoas ensina a alunos a importância do direito e do dever de votar

15.11.2022 – A JE Mora ao Lado: mesária de Brasília contribui há 28 anos para a Justiça Eleitoral

10.11.2022 – A JE Mora ao Lado: professor encoraja eleitores a participarem do “maior evento de cidadania do país”

08.11.2022 – A JE Mora ao Lado: A JE Mora ao Lado: “Eu confio plenamente na urna eletrônica”, afirma mesário do interior de SP

03.11.2022 – A JE Mora ao Lado: “É um serviço de amor à pátria”, define mesária brasiliense sobre o trabalho nas eleições

01.11.2022 – A JE Mora ao Lado: servidor destaca experiência enriquecedora como mesário

27.10.2022 – A JE Mora ao Lado: valoroso soldado a serviço da democracia

25.10.2022 – A JE Mora ao Lado: psicopedagoga destaca a promoção da igualdade e da inclusão nas eleições

20.10.2022 – A JE Mora ao Lado: cidadania e democracia, a melhor escolha para o Brasil

18.10.2022 – A JE Mora ao Lado: trabalho dos mesários é imprescindível para a realização do pleito

13.10.2022 – A JE Mora ao Lado: “É uma experiência única”, afirma mesário do interior de Minas sobre participar das eleições

11.10.2022 – A JE Mora ao Lado: fazer a diferença é a motivação de mesária de Firmino Alves (BA)

06.10.2022 – A JE Mora ao Lado: “É a primeira de muitas”, diz assistente administrativa que foi mesária nestas eleições

04.10.2022 – A JE Mora ao Lado: o sonho de fazer parte do processo democrático brasileiro

29.09.2022 – A JE Mora ao Lado: democracia a serviço do nosso futuro

27.09.2022 – A JE Mora ao Lado: história da Paula Izidoro

22.09.2022 – A JE Mora ao Lado: atividades variadas estimulam voluntário a trabalhar pela Justiça Eleitoral

20.09.2022 – A JE Mora ao Lado: confira um recado aos jovens para serem mesários voluntários

15.09.2022 – A JE Mora ao Lado: votar é dever de todo cidadão

13.09.2022 – A JE Mora ao Lado: mesária voluntária encontra inspiração na avó para o trabalho nas eleições

08.09.2022 – A JE Mora ao Lado: mesário acredita em eleições transparentes e com segurança

06.09.2022 - A JE Mora ao Lado: contribuir com a democracia exige responsabilidade

01.09.2022 - A JE Mora ao Lado: mesária de Rio Verde (GO) destaca que trabalho é uma forma de zelar pela democracia

30.08.3033 – A JE Mora ao Lado: trabalho voluntário é o que move mesário de Andirá (PR)

23.08.2022 – A JE Mora ao Lado: estudante convida jovens a participarem do processo eleitoral 

18.08.2022 – A JE Mora ao Lado: trabalho em prol da comunidade é tradição compartilhada pela família de mesário de Sapiranga (RS) 

16.08.2022 – A JE Mora ao Lado: professor em comunidade quilombola, mesário voluntário ensina sobre cidadania aos alunos 

11.08.2022 – A JE Mora ao Lado: estimulado pelo trabalho, jovem baiano cria conteúdos digitais para sanar dúvidas de eleitores 

09.08.2022 -A JE Mora ao Lado: Sueli Cestari se inscreveu como mesária após assistir campanha na TV 

04.08.2022 - A JE Mora ao Lado: vocação da mesária Denise começou na juventude 

02.08.2022 - A JE Mora ao Lado: voluntária convida jovens a serem mesários para contribuir com a democracia 

28.07.2022 - A JE Mora ao Lado: Fábio Moro coleciona boas lembranças do trabalho de mesário

26.07.2022 - A JE Mora ao Lado: além de mesária, Daniela mostra para as pessoas valor do voto

21.07.2022 - A JE Mora ao Lado: mesária desde 2002, Iane estreou junto à urna eletrônica

19.07.2022 - A JE Mora ao Lado: conheça o trabalho de quem leva cidadania a terras indígenas

14.07.2022 - A JE Mora ao Lado: mesária do DF queria conhecer o processo eleitoral na prática

12.07.2022 - A JE Mora ao Lado: há 30 anos na mesma seção, mesário tem orgulho da relação cordial que desenvolveu com eleitores

07.07.2022 - A JE Mora ao Lado: Jota Vieira afirma que vontade de servir “nos faz grandes”

05.07.2022 - A JE Mora ao Lado: mesária desde 1987, Elizete Ramos leva bom humor para seção eleitoral do Novo Gama (GO)

30.06.2022 - A JE Mora ao Lado: por amor e patriotismo, professora amapaense se tornou mesária voluntária

28.06.2022 – A JE Mora ao Lado: para Leila Aguiar, ser mesária é um sonho que se tornou realidade

23.06.2022 - A JE Mora ao Lado: mesária gaúcha convida a juventude a trabalhar nas eleições

21.06.2022 – A JE Mora ao Lado: mineira destaca o papel do mesário para o fortalecimento da democracia

23.06.2022 - A JE Mora ao Lado: conheça Celiana, uma mesária que ama o que faz

14.06.2022 - A JE Mora ao Lado: Andréa Félix mostra seu carinho pela Justiça Eleitoral há mais de 20 anos

09.06.2022 - A JE Mora ao Lado: educadora da Paraíba se sente motivada a construir o país junto à Justiça Eleitoral

07.06.2022 - A JE Mora ao Lado: professor de história se orgulha da contribuição como mesário desde 2004

02.06.2022 – A JE Mora ao Lado: depois da insegurança inicial, o orgulho de atuar como mesária

31.05.2022 – A JE Mora ao Lado: para Iury Torquato, ter jogo de cintura é essencial para atuar como mesário

26.05.2022 - A JE Mora ao Lado: vocação para mesário que vem de berço

24.05.2022 – A JE Mora ao Lado: colaborador revela situações que viveu como presidente de seção em Pedreiras (MA)

19.05.2022 – A JE Mora ao Lado: mesário do Ceará destaca o papel de cidadão em prol da democracia

17.05.2022 – A JE Mora ao Lado: a cada dois anos, professor troca a sala de aula pela seção eleitoral

12.05.2022 – A JE Mora ao Lado: mesário chileno-brasileiro dá exemplo de cidadania

10.05.2022 – A JE Mora ao Lado: mesária paraense tem atenção especial com eleitores idosos e com deficiência

05.05.2022 – A JE Mora ao Lado: nipo-brasileiro atua há mais de 30 anos como mesário no DF

03.05.2022 – A JE Mora ao Lado: voluntária maranhense se sente heroína por servir como mesária

28.04.2022 – A JE Mora ao Lado: conheça Herbene, uma mesária com orgulho e por opção

26.04.2022 – A JE Mora ao Lado: conheça Fábio Marques, assistente social, apresentador, blogueiro e mesário

21.04.2022 - A JE Mora ao Lado: voluntária conta como superou o nervosismo na primeira experiência como mesária

19.04.2022 - A JE Mora ao Lado: mesária tem a oportunidade de atuar em comunidade rural onde nasceu e foi criada

14.04.2022 - A JE Mora ao lado: mesária há 37 anos enaltece o voto de pessoas com mais de 70

12.04.2022 - A JE Mora ao Lado: paraense acredita que o trabalho como mesário fortalece a democracia

07.04.2022 - A JE Mora ao Lado: o mesário e a relação de confiança com o eleitor

05.04.2022 - A JE Mora ao Lado: voluntária atua há mais de 15 anos como mesária em Curitiba (PR)

31.03.2022 - A JE Mora ao Lado: cadeirante conta como superou adversidades para atuar como voluntária nas eleições

29.03.2022 - A JE Mora ao Lado: eleitor se tornou mesário para dar um passo a mais no exercício da cidadania

24.03.2022 - A JE Mora ao Lado: baiano realizou o sonho de participar das eleições como mesário

22.03.2022 - A JE Mora ao Lado: “O trabalho como mesária contribuiu para meu crescimento”, diz professora

17.03.2022 - A JE Mora ao Lado: mesária voluntária exerce a função por se considerar patriota

15.03.2022 - A JE Mora ao Lado: professora trabalha como mesária desde 1989

10.03.2022 - A JE Mora ao Lado: mesário recebe eleitores com café da manhã e tapete vermelho

08.03.2022 - A JE Mora ao Lado: conheça a professora que transformou a seção eleitoral em ponto de encontro de amigos

03.03.2022 - A JE Mora ao Lado: a festa da democracia é o principal incentivo para os mais jovens se voluntariarem como mesários

24.02.2022 - A JE Mora ao Lado: aos 26 anos, mesária atua pela terceira vez como voluntária

22.02.2022 - A JE Mora ao Lado: mesário há 20 anos, participou pela primeira vez ainda na universidade

17.02.2022 - A JE Mora ao Lado: administradora afirma que atuar como mesária ajuda a construir a história

15.02.2022 - A JE Mora ao Lado: mesário atua como voluntário desde a redemocratização, em 1988

10.02.2022 - A JE Mora ao Lado: Kevanio atua como mesário para contribuir com a democracia

08.02.2022 - A JE Mora ao Lado: mesário viaja para a cidade onde nasceu para votar e trabalhar nas eleições

icone mapa
Setor de Administração Federal Sul (SAFS)
Quadra 7, Lotes 1/2, Brasília/DF - 70095-901,
Tribunal Superior EleitoralTel.:(61) 3030-7000

Icone horário de funcionamento dos protocolos

Funcionamento dos protocolos administrativo e judiciário : segunda a sexta, das 11h às 19h. De acordo com a portaria 759, de 15 de agosto de 2022, aos sábados, domingos e feriados, compreendidos entre 15 de agosto e 19 de dezembro de 2022, as atividades do protocolo judiciário e administrativo do Tribunal Superior Eleitoral serão realizadas das 13 às 18 horas.

Horário de funcionamento de outros serviços e mais informações

Acesso rápido